Caros,
Não estou mais trabalhando em Fortaleza.
Mas atendo pelo internet, com aulas à distância.
Entrem em contato pelo email teresapontocom@gmail.com ou pelo nome Skype teresapontocom!


quarta-feira, 5 de março de 2014

Quanto tempo leva pra se preparar para os exames de inglês?

Prepare-se com antecedência para os exames e o Ciência sem Fronteiras com a teacher Teresa, aqui em Fortaleza.

Muitos estudantes me procuram interessados em participar do programa Ciências sem Fronteiras ou de outros projetos acadêmicos em que há uma data estabelecida por edital para a entrega de comprovação de proficiência em inglês. Em todos os outros aspectos, os estudantes estão aptos a se inscrever no projeto, exceto pelo certificado de inglês. Mas será que dá tempo de obter o certificado com a pontuação necessária para se candidatar logo na próxima chamada? Quanto tempo leva pra se preparar?

Tudo depende principalmente do quanto você já sabe de inglês, claro. Alguns estudantes falam inglês tranquilamente e estão acostumados a ler, ver TV e surfar na Internet sempre em inglês. Outros estudantes até falam bem, mas sentem-se inseguros na hora de produzir um texto formal ou têm dificuldade de ler todo o volume de texto dos exames em tempo hábil. Há também os alunos que ainda têm um inglês bastante básico, mas que querem participar das oportunidades, e devem tentar! Nada como uma boa motivação para melhorar a qualidade do seu inglês.

As notas e os níveis de inglês

Cada instituição de ensino tem uma exigência diferente quanto à nota mínima para a admissão de candidatos, assim, alunos diferentes têm objetivos diferentes. A maioria dos alunos que me procura precisa obter nota 6 ou 7 no IELTS, ou 75 a 80 no TOEFL. (As notas do IELTS vão de 0 a 9 e as do TOEFL, de 0 a 120.) Quanto é isso em termos de nível de inglês e quanto tempo leva para o aluno chegar lá?

Primeiramente, veja aqui uma comparação entre notas do TOEFL e do IELTS:

Tabela comparativa entre as notas do IELTS e as do TOEFL.
Tirada da página da ETS: visite aqui.

É muito difícil quantificar o nível de inglês dos alunos. Por isso, para ajudar alunos e professores a se localizar, foi desenvolvida a Common European Framework Reference (CEFR), com níveis que vão de A1 a C2. Entenda melhor essa referência aqui. Para ter uma ideia melhor da relação das notas dos exames com o nível de inglês dos estudantes, veja as duas tabelas comparativas abaixo:

Tabela comparativa entre notas do IELTS e os nível de referência do CEFR.
Tirada da página do IELTS: visite aqui.

Tabela comparativa entre as notas do TOEFL e os níveis de referência do CEFR.
Tirada da página da ETS: visite aqui.

Quanto tempo para chegar no nível "ideal"?

Assim, para que o aluno faça a prova com segurança e com chance real de obter a nota de que ele precisa, no meu exemplo médio --- alunos que objetivam 6-7 no IELTS ou 75-80 no TOEFL ---, vamos dizer que ele precisaria estar no nível B1 ou B2 do CEFR.

O livro que eu adoto para ensinar general English (curso de inglês normal, voltado para trabalhar todas as habilidades com a língua), o American English File, traz a indicação do nível do livro em relação ao CEFR. O aluno ideal, em condições ideias de temperatura e pressão, no momento de fazer o exame para obter as notas que estamos discutindo, teria terminado o terceiro livro da série American English File (ou New English File, na versão britânica do mesmo material) --- o livro da capa verde. Assumindo um aluno que iniciou do zero, isso somaria seis semestres de estudos de inglês.




Variáveis a considerar

Mas eu não sou o aluno ideal, e você não é o aluno ideal, isso porque o aluno ideal não existe. Nem existem as condições ideais para estudar ou prestar um exame. A gente faz sempre o melhor que pode, da melhor maneira que pode. As considerações desse post são apenas para dar uma ideia clara a respeito do nível exigido dos candidatos do TOEFL e do IELTS.

Em primeiro lugar, nenhum estudante tem exatamente os mesmo níveis para as mesmas habilidades. Um aluno com dificuldade histórica para escrever redações pode ter ótima performance em listening e speaking. Um aluno com dificuldade para falar inglês pode ter horas e horas de leitura na língua. Na prova, você pode ter um desempenho muito bom na habilidade com que você se dá melhor e, assim, ter um resultado melhor na nota final. Work your strong suit --- vale a pena!

Em segundo lugar, preparar-se especificamente para o exame que você vai fazer, conhecer o tipo de questões que você vai ter que resolver, os tipos textuais que você precisa produzir, os parâmetros que vão ser utilizados para te avaliar, tudo isso influencia positivamente o resultado. Estar bem preparado pode "ganhar" um nível a mais no resultado do exame pra você!

Finalmente, seu estado do espírito no dia do exame conta. Saber o que vai ser pedido de você te deixará mais tranquilo, menos nervoso, e você terá mais liberdade, mais espaço no seu "HD emocional", para focar nas tarefas que te estão sendo apresentadas, levando, também, sua nota final para cima.

Prepare-se para os exames com a teacher Teresa e melhore suas chances para aproveitar a próxima chamada do Ciências sem Fronteiras!

TODOS OS POSTS SOBRE EXAMES E CERTIFICADOS