Caros,
Não estou mais trabalhando em Fortaleza.
Mas atendo pelo internet, com aulas à distância.
Entrem em contato pelo email teresapontocom@gmail.com ou pelo nome Skype teresapontocom!


segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

IELTS: Academic vs. General Training

Seja seu objetivo Academic ou General Training, esteja bem preparado para o IELTS.

As pessoas geralmente decidem fazer o IELTS por um de dois motivos: fornecer prova de competência em inglês para candidatar-se a vagas em universidades estrangeiras --- principalmente as do Commonwealth, Austrália, Canadá, Inglaterra etc. ---, ou instruir dossiês de emigração para esses países. Dependendo, assim, do seu objetivo --- estudos ou emigração ---, você vai ter que escolher uma variedade da prova do IELTS: Academic ou General Training.

A variedade Academic destina-se a candidatos que pretendem estudar em uma instituição de ensino estrangeira, principalmente para cursos de graduação ou pós-graduação. Como o objetivo desses cursos é treinar o profissional ou o pesquisador acadêmico na área em questão, utilizando a língua inglesa --- e não ensinar inglês ---, as universidades exigem que os candidatos tenham um desempenho razoável em inglês.

As universidades estão principalmente preocupadas em saber se você é capaz de acompanhar o curso em inglês: se você vai conseguir ler os textos para estudar, entender as aulas que você vai assistir, escrever os trabalhos que você vai ter que entregar, expressar-se claramente para explicar pontos de vista e discutir tópicos abstratos. Enfim, tudo o que você faz na faculdade, mas em inglês. Essas necessidades linguísticas vão refletir-se no que é cobrado no IELTS Academic Training.

Já a variedade General Trainig destina-se a pessoas que pretendem emigrar para países como Inglaterra, Austrália ou Canadá. Geralmente, essas pessoas são jovens profissionais, com ou sem família, que pretendem viver para sempre, ou por um bom tempo, nesses países. Eles vão precisar trabalhar nesses lugares (em países como a Austrália e o Canadá, normalmente são recrutados profissionais especializados, como engenheiros e enfermeiros), lidar com o Estado de diferentes maneiras (pagamento de impostos, observância de leis, burocracia de documentos etc.), e fazer coisas práticas, como instalar a televisão nova superbacana que você comprou em Alberta, Canadá, usando um manual bilíngue em inglês e francês (se já é difícil em português!). Essas necessidades mais práticas e menos abstratas também vão se refletir na variedade específica para General Training do IELTS.

Na prática, o que muda para os dois tipos de exame são as provas de Reading e de Writing. As provas de Listening e de Speaking são as mesmas para as duas variedades. O tipo de texto que você vai ter que compreender na prova de Reading vai ser parecido com um texto de textbook universitário, no Academic, mais abstrato e de nível de leitura de faculdade, e, no General Training, serão textos mais objetivos, trechos de jornal e revistas, documentos oficiais, manuais de instrução, e também menos longos e com menor variedade de palavras.

Os tipos de texto que você vai ter que produzir, no Writing, também são diferentes e específicos para cada tipo de expectativa sobre o candidato do IELTS: acadêmico ou cidadão e profissional?

Você vai ser informado pela instituição (de ensino ou estatal) com a qual você está lidando sobre qual dos dois tipos de exame você tem que fazer. Na dúvida, se você está fazendo o IELTS por qualquer outro motivo que não seja entregar os resultados para algum tipo de avaliação e seleção específica, faça o Academic, pois você é um estudante de inglês. E, conforme o ditado, quem faz o mais --- texto mais complexos e longos --- faz o menos, textos objetivos.

Para qualquer que seja seu objetivo com o IELTS, preparação específica para o exame é fundamental. Prepare-se em Fortaleza com a teacher Teresa!